Trogir - Croácia

17:08:00


Em nosso último dia na Croácia tivemos a oportunidade e conhecer a linda cidadezinha medieval de Trogir, que na verdade é uma pequena ilha conectada ao continente por uma ponte e que possui dois portões de acesso - Portão da Terra e Portão do Mar.


Além de ser muito charmosa, Trogir é também a cidade mais antiga da Croácia com mais de 4 mil anos de história e já pertenceu a vários povos - como gregos, romanos, italianos e húngaros, por exemplo. E hoje o local faz parte do Patrimônio Mundial da UNESCO.


Trogir está localizada a 28 km de Split e muitos turistas optam por fazer um bate e volta, pois é possível conhecer o principal em apenas um dia de passeio. E para quem estiver de carro como nós, prepare-se para concorrer a uma vaga nos estacionamentos pagos na parte de fora das muralhas da cidade antiga e que ficam lotados em época de alta temporada a preços nada convidativos.


Tivemos algumas horas por aqui e não perdemos tempo. Fomos direto para praça principal da cidade (Praça João Paulo II) onde estão localizadas a Catedral de São Lourenço, a Torre do Relógio, a Prefeitura, a Galeria, o Palácio Cipiko (construído no séc XIV por uma importante família de Trogir) e a Igreja de São Batista (séc XIII).



Ainda na parte de dentro das muralhas indo em direção à saída sul, não deixe de entrar no Mosteiro Beneditino. E saindo das muralhas pelo Portão Mar, você vai encontrar do lado de fora dos muros a orla de Trogir ou Promenade. Esse calçadão voltado para o mar (Promenade Obala Bana Berislavica) é o lugar ideal para fazer uma pausa para o almoço e conta com muitos restaurantes de frutos do mar além de excelentes vinhos croatas. No final dele está localizado o Castelo Kamerlengo. Se estiver com tempo faça a visita em seu interior e suba em suas muralhas para ver Trogir do alto.



Depois da nossa pausa resolvemos subir as escadarias da torre da Catedral de São Lourenço de onde temos uma das vistas mais privilegiadas e espetaculares da cidade murada e do mar Adriático. A entrada é paga e os degraus são bem estreitos e a subida vertiginosa. Mas quando estamos no topo não temos dúvidas de que valeu a pena. A torre possui 47 metros de altura e é o ponto mais alto da cidade, por isso se você não estiver com tempo sobrando, sugiro subir a torre da Catedral e deixar a subida nas muralhas do Castelo Kamerlengo para uma próxima visita na cidade.




Como a região já pertenceu à Itália, não se admire se vir alguma gôndola passando bem ao estilo de Veneza. A semelhança é impressionante!


E é claro que antes de ir embora ainda tivemos tempo de passear pelas ruazinhas minúsculas e estreitas apreciando o comércio com muitas opções de souvenires e ótimas lojas para comprar azeite e vinhos produzidos na região.


Surpreendente e linda!! Assim é Trogir. Já quero voltar...





You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts