Taronga Zoo - Sydney

15:08:00


Com vistas privilegiadas do porto e da ópera de Sydney, o Taronga Zoo é uma das maiores atrações da cidade e um dos mais belos do mundo. Ele está situado em um terreno bastante íngreme, e possui muitos mirantes de onde temos vistas espetaculares e ótimos locais para piquenique. Além do mais, nele podemos ver de perto os cangurus e os coalas - animais que são típicos do país.


Há várias formas de chegar no zoológico, mas sem dúvida a melhor e mais interessante é através do ferry que sai de Circular Quay Station. O percurso de 12 minutos é muito agradável e já rende muitas fotos da bela paisagem da baía. A dica mais importante é comprar o ticket do Taronga Zoo com antecedência, diretamente no Circular Quay Station (há um balcão na área de espera do barco) ou então online através do seu site oficial - neste caso, ainda há um desconto de 20% no valor! Com o ticket em mãos, podemos usufruir o imperdível Sky Safari - um teleférico de onde temos uma visão incrível da enorme dimensão do local e que nos leva do píer de desembarque até a entrada principal do zoológico. Quem está sem o ticket tem que subir a pé ou então pagar pelo trajeto de ônibus.




Ao chegar na entrada principal, vale a pena pegar um mapa e checar a programação do dia - é possível assistir alguns animais sendo alimentados, shows e pequenas apresentações com curiosidades sobre os bichos. Chegue cedo, pois é o horário no qual os animais estão mais ativos!



Como eu já tinha dito, o terreno onde o zoológico está localizado é bastante inclinado. Com isso a minha sugestão é começar pela parte mais alta e fazer seu tour descendo. Com isso fica bem menos cansativo. Outra vantagem é que mais ou menos no meio do trajeto está situada a praça de alimentação - um lugar  bem bacana e com várias opções de refeições.



Os animais estão divididos por habitats, sendo recriado em cada seção o meio selvagem onde vivem. Após a entrada vire à esquerda em direção ao Australian Walkabout, que é imperdível. Ali ficam cangurus e seus primos menores, os wallabees, soltos num ambiente onde conseguimos vê-los de pertinho e até tocá-los. Sem dúvida um dos pontos altos da nossa visita no Taronga Zoo. Logo em frente estão os coalas.







Para quem está com crianças, há uma ala infantil com atividades para os pequenos. Fica bem próximo de outra visita imperdível - o Diabo-da-Tasmânia. Se tiver sorte como a gente, você ainda consegue uma verdadeira aula sobre as características e sobre o modo de vida desse animalzinho de aparência tão dócil mas que na verdade fica enfurecido quando capturado.



Nossa visita incluiu ainda os lêmures, gorilas e logicamente os elefantes e girafas. Aliás, a foto das girafas com a Opera House ao fundo é um clássico! A ala dos répteis e o dragão de Komodo também não podem faltar. Termine sua visita no Seal Walk, onde após encontrar os pinguins e tartarugas você já estará na porta de saída para pegar o ferry de volta para o porto.










You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts