Great Ocean Road e os 12 Apóstolos - Austrália

14:04:00


Localizados no litoral próximo a Melbourne, as íngremes formações calcárias conhecidas como 12 apóstolos são uma das mais formidáveis maravilhas naturais do continente australiano. A região fica a aproximadamente 240km de Melbourne, e o percurso até eles é talvez a mais essencial das road trips australianas. Imagine um caminho por praias lendárias para o surfe, vilas que parecem ter parado no tempo e coalas no seu habitat natural. Imperdível!




A melhor forma de fazer o percurso é, sem dúvida, no seu próprio carro. Com isto você terá liberdade para parar aonde e por quanto tempo quiser. Algumas das melhores surpresas da nossa viagem não estavam previstas, e sem o carro não as teríamos. Mas para os menos aventureiros, há também a opção de contratar o passeio a partir de Melbourne. Apesar de ser possível fazer todo o percurso de ida e volta em um dia, o ideal é incluir pelo menos uma noite no caminho. Além de ficar menos cansativo, você chegará no mirante dos 12 apóstolos bem cedo e antes das excursões lotadas.




Nossa primeira parada foi em Torquay, simpática cidade de praia onde tomamos café da manhã. Pouco adiante fica a famosa Bells Beach, sede da mais antiga e tradicional prova de surfe do planeta. Mesmo com o frio e o vento gélido, as ondas estavam apinhadas de surfistas! Vimos várias escolas de surfe com instrutores e alunos de todas as idades. Não deixe de fazer uma foto no portal da Great Ocean Road, que oficialmente começa aqui em Torquay, antes das próximas cidadezinhas.




Vale a pena ainda incluir uma parada em Anglesea para curtir o visual da bela praia. Aqui vai uma dica deliciosa: antes de chegar na cidade, pare na Great Ocean Rd Chocolaterie, em Southbank. Você não vai se arrepender. Trata-se de uma loja, restaurante e cafeteria enorme, com área de playground para as crianças, estacionamento amplo e infinitas receitas a base de chocolate. Os pequenos se esbaldam já na entrada, com as bacias contendo chocolate branco, meio amargo e ao leite para degustação.




Em Anglesea há ainda boas opções de almoço em restaurantes com decoração retrô da década de 50.



A melhor forma de gastar as calorias é caminhando até o farol de Aireys Inlet, poucos quilômetros adiante. A paisagem já começa a mudar, e as formações rochosas no mar prenunciam o que veríamos no dia seguinte.



Escolher um local para dormir no percurso não é fácil. Talvez as mais charmosas e bem localizadas sejam Lorne e Apollo Bay, e acabamos escolhendo esta última. Não nos arrependemos: o hotel que escolhemos, Seafarers Getaway, fornecia vistas magníficas do oceano. Mas houve ainda uma bela surpresa antes da nossa noite de descanso: o encontro com coalas em Kennett River. Não há mistério: pare no Kafe Koala e mire para o alto das árvores que circundam o pequeno vilarejo.



No outro dia acordamos bem cedo e de olho na previsão do tempo partimos a tempo de garantir que não teríamos neblina em nosso destino final. Não estávamos muito otimistas, pois tinha chovido bastante durante a noite. Mas fomos recompensados, pois o sol abriu e tivemos um espetáculo maravilhoso compartilhado co mais alguns felizardos que também acordaram cedo. Ver os 12 Apóstolos com o céu azul foi um dos pontos altos da nossa trip à Austrália. Ficamos sem palavras!!







O parque nacional se estende mais adiante, e compensa muito percorrer mais alguns quilômetros até três atrações também imperdíveis: o canyon Loch ard Gorge, a formação London Bridge e o Grotto. Esses lugares fecharam nosso passeio com chave de ouro além de terem proporcionado registros espetaculares dessa viagem inesquecível!







You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts