St. Maarten: O lado holandês do Caribe

03:37:00

A última parada do nosso cruzeiro foi em St. Maarten. Esta pequena ilha no norte do Caribe é dividida entre dois países: França e Holanda. Do lado holandês (que tivemos a oportunidade de conhecer) a capital é Philipsburg, já no lado francês a ilha se chama St. Martin e sua capital é Marigot.


Logo na chegada quando descemos do navio foi preciso pegar um táxi aquático para nos levar até o lado holandês. Desembarcamos em uma praia bem charmosa e cheia de casinhas coloridas na capital da ilha. E o lindo mar em vários tons de azul não deixa restar nenhuma dúvida de que ainda estamos no Caribe!


Na hora das compras, assim como em Nassau e St. Thomas, não há cobrança de impostos no lado holandês. São muitas lojas de grifes famosas e também de eletrônicos que fazem a alegria dos turistas brasileiros. No entanto, é difícil concorrer com os preços da Flórida. Com relação a que moeda utilizar, o melhor mesmo é levar o dólar americano. Na parte francesa quem quiser pode pagar em Euro, ou então fazer a conversão para dólar. Na parte holandesa além do dólar existe outra moeda utilizada nas ilhas de colonização holandesa no Caribe - O Florín.


Em Philipsburg tivemos a oportunidade de caminhar com calma pela rua principal da cidade, pois desta vez não contratamos nenhuma agência de turismo. E depois que vimos o que queríamos, resolvemos pegar uma van (preço fixo de 2 dólares por pessoa) para conhecer uma das principais atrações da ilha - Maho Beach. Essa praia se tornou famosa pelos vôos rasantes dos jatos pousando no aeroporto Princesa Juliana. É cada susto que os turistas levam quando pousa ou decola algum avião que chega a ser engraçado. Vimos várias pessoas ficarem sem o chapéu, sem toalha e sem as roupas que estavam  espalhadas na areia. Vimos também várias cadeiras de praia voando para dentro do mar. Os aviões passam tão perto das pessoas que tem hora que dá medo!


Uma ótima dica de onde comer e fazer aquela pausa obrigatória é o Sunset Bar & Grill, na mesma praia. Não deixe de provar seus deliciosos nachos. Além disso ele tem uma vista lindíssima e privilegiada da praia, isso sem falar na música ao vivo, nos deliciosos drinks e naquela vibe caribenha especial.




Uma dica valiosa se você também estiver conhecendo o lugar durante um cruzeiro de navio, é ficar atento ao horário de partida. A ilha apesar de pequena tem um trânsito intenso. Foi exatamente por esse motivo que não tivemos oportunidade de conhecer a parte francesa, pois segundo o motorista da van ficaríamos com pouquíssimo tempo para retornar ao navio. Então decidimos não arriscar. Mesmo assim ficamos muito felizes em conhecer a parte holandesa e a praia mais famosa de St. Maarten.


Com certeza teremos que voltar um dia com mais calma para explorar melhor todas as belezas e atrações dessa linda ilha caribenha. Mais uma vez o final da viagem chegando e a certeza de que o Caribe estará sempre em nossos corações e em nossos planos. Impossível sair daqui sem ficarmos apaixonados por tudo que vivos e vivemos nestes sete dias tão especiais.





You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts