Dubai - Roteiro de 4 dias

17:25:00

Um lugar realmente inusitado para nós ocidentais. E como viemos parar aqui? Essa é uma longa história! Mais precisamente 42 km.... Sim!! A maratona de Dubai nos trouxe até aqui. Quem já me conhece sabe que meu sogro é maratonista e como temos o costume de viajar juntos resolvemos conhecer um pouquinho dos Emirados árabes Unidos. E confesso que esta cidade super desenvolvida e localizada no meio de um deserto supera desde o início qualquer expectativa que você possa ter quando chega aqui. O lugar é lindo, moderno, limpíssimo e com edifícios que são verdadeiros "arranha-céus". Some tudo isso com um espetáculo da arquitetura moderna e mescle com as mesquitas antigas e com mulheres e crianças vestindo suas burcas...agora dá para se ter uma pequena ideia do que vai encontrar em Dubai.


Começamos pelo Burj Khalifa - o edifício mais alto do mundo atualmente, com seus 828 metros de altura. E foi exatamente nele que o ator Tom Cruise fez algumas cenas do filme Missão Impossível III.



A vista que temos aqui de cima chega a ser vertiginosa, mas já compensa as 14 horas de voo que enfrentamos para chegar aqui. Um verdadeiro espetáculo!!




Bem em frente ao Burj Khalifa está localizado o Dubai Mall - maior shopping do mundo com 1200 lojas! Impossível de conhecer tudo o que ele oferece em uma única visita. Algumas vendedoras afirmam que é preciso pelo menos uma semana para poder visitar todas as suas alas. E o mais impressionante é a quantidade de lojas de grifes famosas que estão localizadas lado a lado, demonstrando toda a imponência e ostentação de uma das maiores economias do mundo que gira em torno do petróleo. Mais impressionante ainda é o fato de que, mesmo sem poderem mostrar o rosto e corpo que ficam escondidos em baixo das burcas, as mulheres muçulmanas que vivem aqui deixam claro e bem a vista os sapatos e as bolsas de grife. Chanel, Prada, Dior, Hermès, Louis Vuitton dentre outras marcas são figurinhas fáceis em qualquer direção para onde olhamos.





Ao anoitecer não deixe de esperar para assistir o "Show das Águas e Luzes Dançantes" bem em frente ao Dubai Mall. Ele é considerado uma das grandes atrações da cidade e é gratuito. A água chega a atingir 150 metros de altura. Vale lembrar que o projeto foi elaborado por uma empresa norte-americana - a mesma que projetou o espetáculo em frente ao Hotel Bellagio em Las Vegas.



Ainda perto do complexo Burj Khalifa, não deixe de conhecer outro shopping bem interessante e que está localizado logo em frente ao Dubai Mall - o Souk Al Bahar.  Mas este não tem nada de moderno e nem lojas de grife, mas sim roupas e artigos para casa bem característicos do mundo árabe. Uma delícia entrar em suas lojinhas de decoração. Um verdadeiro emaranhado de tapetes, roupas, souvenirs e um cheirinho de incenso no ar. Agora sim dá para ter certeza que estamos "nas arábias"!!




Outro shopping que não pode ficar de fora do roteiro é o Mall of the Emirates. Nele está localizado o Ski Dubai - maior pista de ski indoor do Oriente Médio. Em um lugar onde as médias de temperatura são em torno de 25 graus no inverno e 40 no verão, é até estranho imaginar a possibilidade de se esquiar na neve. E dentro do Ski Dubai a temperatura é de aproximadamente -3 graus. Parece que estamos dentro de um freezer gigantesco com direito a montanhas de neve e até aulas com instrutores para os iniciantes no esporte. Mas se o tempo for curto e você não tiver nenhuma familiaridade com os skis (meu caso...hahaha), vale fazer a descida nas boias gigantes!



Lembrando que estamos no meio de um deserto, que tal um safari nas dunas de areia e com uma paradinha para ver o show dos quadriciclos e depois um acampamento árabe no final do dia? Foi o que fizemos! E garanto que foi o ponto alto da nossa viagem. Resolvemos contratar uma empresa especializado neste tipo de passeio e achei que valeu muito. Não temos que preocupar com nada. Eles cuidam de todos os detalhes além de nos pegar e trazer de volta ao hotel. Para mais informações acesse www.desertrangers.com





No acampamento árabe após o safari a gente se sente dentro de uma história de "mil e uma noites". É tudo muito perfeito e super organizado. A comida e a bebida são excelentes e ainda tem vários shows durante toda a noite. E em uma das tendas tivemos a oportunidade de vestir trajes árabes e tirar várias fotos. Ah, e também andamos em um camelo! Muita emoção neste dia de passeio!





Depois de tantas aventuras reservamos um dia mais tranquilo para conhecer as mesquitas e depois caminhar com calma pelos mercados da cidade. A mesquita mais importante para se conhecer é a Jumeirah Grand Mosque. Para entrar as mulheres têm que cobrir a cabeça com um véu. No interior um tapete gigante serve de assento para as pessoas fazerem as orações.






Em seguida fomos conhecer alguns mercados na parte mais antiga de Dubai que estão localizados em uma região chamada Deira. O mais famoso e que merece ser visitado com calma é o mercado de ouro - Dubai City of Gold ou Deira Gold Souq. E bem ao lado dele estão os mercados de especiarias, roupas e tecidos que considero outra atração imperdível - Deira Covered Souq. Aqui com certeza vale passear com bastante calma mergulhando em um universo pouco conhecido por nós ocidentais.











Se estiver com tempo, vale a pena fazer a travessia de barco para conhecer a região denominada Dubai Creek. Nela está localizado o Waterfront Heritage onde podemos ver mais sobre a cultura árabe de antigamente. E ainda tivemos a oportunidade de almoçar em um restaurante incrível e rodeado pelas muralhas da cidade antiga que foram restauradas - Bastakiah.













Detalhe do menu do Bastakiah Restaurant




Outro cartão postal da cidade é o Burj Al Arab - o único hotel 6 estrelas do mundo. Ele tem o formato de uma vela de barco e está localizado sobre uma ilha artificial que se conecta a outra ilha principal (Jumeirah) por uma ponte. Para quem não é hospede, uma das formas de conhecê-lo é fazendo reserva em um de seus restaurantes. Para quem está viajando com crianças a melhor opção é o famoso chá da tarde servido em um de seus mezaninos com vista para o hall principal e para a ilha artificial Jumeirah. Além da vista você pode desfrutar do luxo que só um seis estrelas oferece. Em seu interior são vários os detalhes em ouro que deixam qualquer um de boca aberta!













Após sairmos de Burj Al Arab ainda tivemos tempo de conhecer o Souk Madinat Jumeirah com suas várias lojinhas de souvenirs e restaurantes onde aproveitamos o resto da noite e ainda jantamos. Esse é o local mais movimentado e badalado para um happy hour. Além dos restaurantes, bares e  lojas ele é rodeado por canais artificiais que lembram Veneza e onde é possível fazer um passeio em pequenos barcos para conhecer os arredores.




Outro lugar que não pode ficar de fora para quem está com crianças é o Atlantis Resort. Ele é um hotel gigantesco com várias opções de lazer e está localizado no The Palm Jumeirah - uma espécie de ilha artificial que foi construída dentro do mar. Um dos projetos mais audaciosos de Dubai. Dentro dele existe um oceanário gigantesco com várias espécies marinhas e na parte externa um enorme parque aquático para toda família uma linda praia artificial.









The Palm Jumeirah vista do alto do Burj Khalifa



O mais impressionante é que as muçulmanas também aproveitam o dia para entrar na água. Mas calma! Elas utilizam uma espécie de macacão de malha que cobre todo o corpo e inclusive os cabelos, ficando mesmo só com o rosto de fora. Enfim, tudo muito diferente do que estamos acostumados a ver em nosso país.


E para finalizar não poderia faltar o belo por do sol de um dos lugares mais diferentes que já conheci e seu lindo deserto que encanta pela grandeza e por suas formas....





You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts