Os Templos mais visitados do Japão

18:24:00

Queria ter feito esse post há mais tempo, mas como a viagem foi longa e tinha muita coisa para lembrar, acabei não postando na época. Mas não poderia deixar de falar de uma das principais atrações desse país que contagia por sua religiosidade e respeito aos seus deuses. Listei aqui os principais templos de Tóquio, Kyoto e Nara. Além dessas cidades, também visitamos Hiroshima, que não pode ficar de fora em uma viagem ao Japão. Começamos por Tóquio, e pelo que li antes, vários sites e blogs de viagem dão essa dica, pois o impacto quando chegamos nos templos milenares de Kyoto é realmente muito maior! De Tóquio para Kyoto fizemos o trajeto de trem - que por sinal é outra dica que deixo aqui. É possível fazer a maioria das viagens entre uma cidade e outra em  trens de alta velocidade - uma uma forma bem segura, rápida e  muito agradável de conhecer o país. Para se ter uma ideia, levamos em torno de 45 min  de Kyoto até Nara desfrutando de belas paisagens e conhecendo um pouco mais o interior do país.

1 - Templo Sensoji -Tóquio
Sensoji é templo budista mais antigo de Tóquio. Fica na região central da cidade e bem em frente a ele podemos encontrar várias lojinhas de souvenirs e comida típica. É bom reservar uma manhã ou uma tarde inteira para caminhar por aqui, pois o local é bem movimentado e sempre cheio de turistas.



2 -  Templo Meiji-jingu -Tóquio
Este templo fica dentro de um parque muito bonito e está localizado bem pertinho da rua de compras mais famosa de Tóquio - a Takeshita Dori. Aqui, na noite de Ano Novo, as pessoas costumam vir para festejar e pedir proteção aos deuses. Não deixe de purificar as mãos bem na entrada. Quase congelei as minhas!!!



3 - Fujimi Inari-taisha - Kyoto
Este complexo dedicado aos "deuses do arroz", é famoso por seus "labirintos" formados pelos belíssimos pórticos de madeira vermelha. Confesso que não estava muito empolgada para conhecê-lo, ainda mais porque neste dia estava frio demais, mas assim que cheguei no templo, não tive nenhuma dúvida de que me arrependeria muito depois se não tivesse visitado.



4 - Templo Kiyomizu-dera - Kyoto
Esse é o mais famoso e importante templo de Kyoto. O caminho até o Templo é pelo distrito de Higashiyama, um bairro histórico com ruas estreitas e ladeiras cheias de lojinhas de artesanato e souvenirs. Uma delícia caminhar subindo até o templo fazendo várias paradas e sem nenhuma pressa....e bem no meio do caminho ainda tivemos a oportunidade de encontramos com várias geishas. Depois de conhecer a parte mais importante do templo que fica bem no alto da colina, todos se organizam em uma fila para purificar as mãos na fonte sagrada que está localizada no caminho que fazemos para descer, e que passa pela parte de trás do templo. Não deixe de fazer um pedido nas famosas plaquinhas de madeira que todos deixam penduradas do lado fora do templo.



5 - Templo Kinkaku-ji - Kyoto
Este, apesar de não ser o mais famoso do Japão, foi sem dúvida o mais lindo de todos na minha opinião. É conhecido como "templo dourado". Ele fica no meio de um lago e sua imagem se reflete na água, parecendo uma verdadeira pintura.   



6 - Templo Todai-ji - Nara
Em Nara (a primeira capital do Japão) o mais importante é conhecer o templo Todai-ji. Em seus arredores, podemos desfrutar de uma paisagem linda, com lagos e animais silvestres. Bom lembrar que apesar de serem dóceis, os cervos são selvagens, por isso é bom evitar comer qualquer coisa perto deles, pois eles tomam a comida das mãos das pessoas. E fique feliz se conseguir sair do parque sem o famoso "knock down" - a mordida que elas dão nas pessoas quando nos distraímos e ficamos de costas para eles. Passando pela entrada do parque e deixando esses lindos animais para trás, nos deparamos com uma pagoda gigantesca e mais a frente, após uma pequena caminhada, está a entrada do templo de madeira mais antigo do Japão. Nele está alojada a estátua gigantesca do Grande Buda (Daibutsu). Fiz como vi na recomendação de um dos guias de viagem que li - subi as escadas olhando apenas para os degraus, e levantei minha cabeça somente quando já estava bem diante do Buda. É de tirar o fôlego.




You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts