Um Giro por Roma

12:02:00

Em uma primeira visita nesta cidade cheia de história e encantos ficamos quase sem fôlego e maravilhados com tudo que vimos e com todos os lugares por onde andamos. E quatro anos depois tivemos a oportunidade de retornar aqui e trazer os meus pais. E uma coisa eu garanto: a emoção que tomou conta da gente foi a mesma de anos atrás. Vou deixar aqui algumas dicas dos principais pontos turísticos desta cidade que fascina e deixa marcas no coração de quem passa por ela.


Começamos nosso tour pela Praça de São Pedro. Ela é considerada uma das mais belas do mundo e foi construída no século XVII por Bernini. As colunas que circundam a praça, com suas 140 estátuas de santos, são um espetáculo à parte. Não deixe de entrar na Catedral de São Pedro e apreciar seu lindo interior. Nela está uma das obras mais famosas de Michelangelo - La Pietá.






São inúmeras praças cheias de charme em Roma. E como não se apaixonar por cada uma delas?! A vontade que temos é de caminhar o dia inteiro pela cidade de ruela em ruela. E foi mais ou menos o que fizemos, mas tendo sempre em mãos nosso roteiro com os principais locais a serem vistos. E depois da Praça São Pedro que ficava a poucos metros do nosso apartamento, resolvemos conhecer a Piazza del Popolo - um lugar fantástico e com suas famosas igrejas gêmeas - Igreja Santa Maria in Montesanto e Igreja Santa Maria dei Miracoli. Se tiver com um pouco de tempo, vale a pena subir as escadarias que estão na lateral da praça e que nos levam até o Monte Pinciano, de onde temos uma das vista mais lindas de Roma.






Da Piazza del Popolo fomos caminhando até a Piazza di Spagna. E para chegar até ela passamos pela Via dei Condotti - uma das ruas de lojas de grifes famosas mais disputadas da cidade. O local fica lotado de turistas do mundo inteiro. Assim também ocorre com as famosas escadarias da Piazza di Spagna. Fazer um foto por aqui requer muito malabarismo. Quase impossível sair na foto sem uma multidão atrás de você. Hahaha.






Para "fechar" nosso primeiro dia em Roma com chave de ouro, resolvemos conhecer a Fontana di Trevi. Ela é a maior e mais famosa fonte da cidade. Aqui não deixe de jogar sua moedinha na água, sabe por quê? De acordo com o mito criado pelo filme "A Fonte dos Desejos"(1954), se você jogar uma moeda, voltará a Roma; se jogar duas moedas, encontrará um amor na Itália e se jogar três moedas, irá se casar com a pessoa que conheceu. Como já sou casada com o amor da minha vida, joguei apenas uma moeda. Mas fica a dica para os solteiros...




No dia seguinte acordamos bem cedinho para realizar uma das visitas mais importantes da cidade - conhecer o Coliseu e Fórum Romano. Sabia que você pode comprar seu ticket para conhecer o Coliseu, Fórum Romano e também o Palatino pela internet? Com isso você ganha tempo, pois para quem já possui o ingresso, as filas são menores. Vale conferir neste site os horários de visitas e fazer sua reserva antecipada.


Esse lugar é realmente único. Impossível resumir em palavras o que sentimos dentro do Coliseu e do Fórum Romano. É como fazer um mergulho de cabeça na história da humanidade. Sua construção teve início no ano 71 d.C e terminou por volta do ano 80 d.C. Sua inauguração foi festejada durante 100 dias e nesse período de festas mais de 2.000 gladiadores perderam suas vidas. Ele é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e parmaneceu ativo por mais de 500 anos, sendo que os últimos jogos em seu interior aconteceram no século VI. Ele passou por terremotos e bombardeios e ainda hoje é um dos lugares mais visitados do mundo (recebe cerca de 6 milhões de turistas todos os anos).






Depois de sair do Coliseu, basta atravessar a rua e você já estará na entrada principal do Fórum Romano. Não deixe de parar para fazer umas fotos no Arco de Constantino. Ele fica entre o Coliseu e o monte Palatino e representa a vitória de Constantino I contra Maxêncio (imperador de Roma na época).


O Fórum Romano era o local onde ocorria a vida religiosa e política de Roma na idade antiga. Mas com o fim do Império Romano ele acabou caindo no esquecimento e foi redescoberto no século XVI. Porém apenas no século XX escavações o trouxeram à tona novamente. Observação importante: Faça seu tour pelo interior do Fórum Romano com seu guia em mãos, pois são muitas atrações dentro dele e nem todas estão muito bem sinalizadas.










Saindo pela parte posterior do Fórum Romano, iremos subir uma escada que nos levará até a Piazza del Campidoglio. Um pouquinho antes de adentrar na praça, não deixe de ver a famosa estátua da loba dando de mamar aos irmãos Rômulo e Remo (Lupa Capitolina) e que representa as narrativas sobre a fundação de Roma. Ela fica bem no cantinho à esquerda de quem está subindo as escadas (detalhe que na primeira vez que estive em Roma eu não tinha visto essa estátua).



Já na Piazza del Campidoglio estão localizados os Museus Capitolinos. Juntos eles formam o principal museu de Roma. Vale lembrar que ele é um dos museus mais antigos do mundo e foi fundado em 1471 pelo Papa Sisto IV. Entre aqui e veja os horários de funcionamento e também como comprar seu bilhete on-line.




Depois da nossa pizza maravilhosa, foi a hora de entrar no Museu do Vaticano. É um lugar lindíssimo, repleto de história e no qual vale a pena dedicar um pouco do tempo de sua viagem com  bastante calma. Tem MUITA coisa para ver e acho que para falar a verdade, em apenas uma visita neste local conseguimos visitar somente o indispensável. A vontade é de poder ficar horas e horas em seu interior e esquecer da vida lá fora. Como são várias atrações, fica até difícil de citar as principais. Por isso selecionei este site aqui onde você poderá organizar seu tour pelos Museus do Vaticano.




Olha só a cara de fascínio do meu pai vendo os sarcófagos (século III a.C) no Museu Egípcio. É realmente de deixar qualquer um impressionado!!


No dia seguinte bem cedinho fomos conhecer um lugar bem legal, e talvez uma das maiores surpresas do nosso roteiro - a Villa Borghese. Um lugar maravilhoso cercado de verde e que abriga a Galleria Borghese - um pequeno e charmoso museu, onde o acervo casa de maneira perfeitamente harmoniosa com o local e a construção que o abriga. Na época em que visitamos, as reservas podiam ser feitas apenas pelo telefone e tinham data e hora marcada. Foi uma das melhores manhãs da nossa estadia em Roma! Entre no site da Galleria Borghese para ver mais detalhes.



Lembrando também que nos arredores desta região estão situados o Teatro Shakesperiano, fontes, jardins, muitas esculturas, o zoológico, áreas para piquenique e um cinema infantil.


De lá seguimos para a Piazza Navona. Uma praça muito gostosa de passear e com algumas belas atrações. Nela está situada além da embaixada do Brasil, uma igreja que eu super indico incluir no roteiro: Igreja S. Luigi dei Francesi - que guarda em seu interior obras primas do pintor Caravaggio.







Além disso, ela é uma praça muito movimentada e local de encontro de artistas de rua como mágicos, dançarinos, cantores e pintores.




Outra atração imperdível neste dia de passeio foi o Pantheon Romano. Ele é também conhecido por Panteão de Agripa - construção original do século 27 a.C que após um incêndio no ano 80 d.C, deu lugar ao atual Panteão cuja reforma se deu no ano 126 d.C. E hoje ele é considerado uma das obras primas da arquitetura mais bem conservadas da Roma antiga. No seu interior encontra-se o túmulo do pintor Rafael.




Depois foi hora de voltar para o nosso apartamento. Mas antes ainda aproveitamos o finalzinho da tarde fazendo uma caminhada bem gostosa pelas margens do rio Tevere. Ainda deu tempo de passar pelo Castelo de Sant'Angelo - também conhecido como Mausoléu de Adriano. Hoje em seu interior podemos visitar as diferentes instâncias que fazem parte da residência Papal. Na antiguidade ele serviu como refúgio para o Papa Clemente VII durante os assédios ocorridos no ano de 1527.




E que tal se casar e fazer suas fotos tendo além do rio Tevere o lindo Castelo Sant'Angelo como pano de fundo? Nada mal, não é mesmo?!!


Nosso último dia em Roma amanheceu coberto de bênçãos... Imagina nossa surpresa ao constatarmos que na Praça de São Pedro haveria naquela manhã uma missa campal realizada pelo Papa Bento XVI. Foi emoção demais para todos nós. Nunca imaginei que viria a Roma um dia e que assistiria um missa celebrada pelo próprio Papa. Foi uma daquelas coincidências que acontecem a cada mil anos...


Depois dessa imensa emoção resolvemos passar o resto de nossa tarde em um dos bairros mais charmosos de Roma - o Trastevere. Vou falar dele no próximo post juntamente com as outras atrações gastronômicas da cidade.





You Might Also Like

2 comentários

  1. SAUDADES! Passeio maravilhoso, de ficar na memória para sempre!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Mas se Deus quiser ainda faremos muitos passeios em Roma e também em outros lugares da Itália!

      Excluir

Popular Posts